DIOCESE
DE PATOS

Padre José Adalberto é Ordenado Presbítero

Na noite desta quarta-feira, 29, foi celebrada na cidade de Água Branca, a Ordenação Sacerdotal do Padre José Adalberto dos Santos. Padre Adalberto, filho de Teresinha Maria dos Santos e José Manoel Filho é o primeiro Água branquense a ser ordenado sacerdote.

A Santa Missa com o Rito de Ordenação Presbiteral, presidida por Dom Eraldo Bispo da Silva, Bispo Diocesano de Patos, contou com um grande número de fieis da cidade de Água Branca, bem como de outros municípios, muitos destes, lugares onde o Padre Adalberto desempenhou atividades pastorais, ao longo de seu caminho formativo.

Dom Eraldo, em sua homilia, afirmou que a Ordenação de Adalberto é objeto de uma grande alegria e que ele será ungido para levar a alegria do Evangelho. Fazendo menção aos textos bíblicos proclamados na Liturgia da Palavra, disse que “Jesus assumiu a condição humana e foi oferecido como sacerdote, altar e cordeiro.

O Bispo ainda pediu a intercessão dos presentes para os presbíteros: “Meus irmãos e irmãs, rezem pelos sacerdotes, pois na Igreja ele está muito mais vulnerável as quedas que o rebanho na Igreja”. Ainda evidenciou a compaixão que todo sacerdote, assim como Jesus, tem pelo povo pecador e sofredor. “Ele é um homem que pode chorar as dores e fragilidades dele e do povo. Somos Sacerdotes, instrumentos insuficientes, escolhidos pela graça de Deus, capacitados e habilitados por ele para missão”, disse.

Ao término da Celebração, o Neo Sacerdote, Padre Adalberto, disse que se sentia preenchido pela Graça de Deus e que mesmo como um barro ainda imperfeito  sente o forte desejo de permanecer nas mãos do oleiro. Agradeceu a família, os amigos, pela presença. “Quero ser para os padres um amigo, um irmão mais novo. Ser amigo de Jesus e fazer amigos para Jesus. Quero ser, no meu ministério, amigo dos pobres e presença misericordiosa de Deus”, concluiu Padre Adalberto.

Por fim, Padre Adalberto agradeceu à Diocese de Patos, à Paróquia a que pertence, a Dom Eraldo, Padre Neto e os formadores, as paróquias pelas quais passou como seminarista e a Paróquia de Assunção, onde foi acolhido para o estágio pastoral.

A celebração foi concluída com a leitura, assinatura da ata, Hino da Padroeira Nossa Senhora da Conceição e Bênção Final.

Pascom Diocesana

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS