DIOCESE
DE PATOS

Marca dos 60 anos

Motivados pelo contemporâneo Magistério da Igreja, a partir da V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americana e do Caribe 2007, em Aparecida-SP.

Pelo Pontificado do Papa Francisco e suas Exortações com destaque a Evangelii Gaudium, Laudato Si, conteúdos processados e orientados pelas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil

Pelo 4o Congresso Missionário Nacional realizado em 2017, no Recife.

Chegamos aos 60 Anos da nossa Diocese. No percurso de uma Igreja peregrina e missionária, alegre e forte, no cuidado com os pobres e com a natureza, no serviço à vida humana e na construção de uma sociedade melhor queremos vivenciar essa data sexagenária.

“Uma Igreja em saída”. Atenta às periferias sociais e geográficas e atuante nelas com ações sóciotransformadoras. São 60 Anos, não de chegada, mas de saída. Uma porta aberta para um caminhar anunciando, celebrando e vivendo a alegria de Evangelho com um mandato imperativo: “Ide e anunciai”(Mc 16,15).

Quem são os chamados e os enviados: Bispo, padres, religiosos e religiosas, homens, mulheres, crianças, jovens, leigos e leigas, do campo e da cidade representados pelo público em marcha com os pés no chão da missão diocesana. O mapa do território da Diocese discorre indicando um continuo e dinâmico caminhar missionário.

Jesus, o missionário do Pai, é o “Sol Oriente”, neste Sertão, referenciado através dos elementos indispensáveis na missão: Cruz e Palavra.

Maria, a Mãe Da Guia, Estrela da Evangelização, Padroeira da Diocese, atenta para nada faltar, dizendo a nós: “Fazei tudo o que Ele vos disser”(Jo 2, 1-11).

Somos uma missão neste mundo! Numa Igreja em Estado Permanente de Missão. Ela, nesta Região, solidária, junto a pessoas diversas, é uma grande benfeitora que continua e atualiza a Missão de Jesus Cristo.

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS