DIOCESE
DE PATOS

Festa do Sagrado Coração de Jesus, em Livramento

Estamos em festa, nossa grande festa é o próprio Coração de Jesus, digno de todo o louvor.

Somos devotos do Coração de Jesus, porque descobrimos, afortunadamente, o tesouro do seu amor ilimitado para conosco”
(Pe. Roque Schneider)

Pela Fé, entrareis e habitareis no Meu Coração!

A paróquia de Nossa Senhora do Livramento, em Livramento-PB, celebramos o Sagrado Coração de Jesus, de 14 a 17 de julho. Esta solenidade possui data móvel, isto é, que depende do dia da Páscoa do ano litúrgico corrente, para ser calculada. De fato, Pentecostes,o último dia do Tempo Pascal, está fixado  50 dias depois da Vigília Pascal. Na semana seguinte a Pentecostes, ocorre a primeira das solenidades móveis: Santíssima Trindade. Na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, celebramos Corpus Christi. Na sexta-feira da semana posterior à Corpus Christi, celebramos o Sagrado Coração de Jesus.

Esta solenidade, portanto, é uma das 3 solenidades móveis do Senhor Jesus no Tempo Comum e uma das 4 solenidades do Senhor no Tempo Comum, quando acrescentamos Cristo Rei (último domingo comum). Nesta data, são feitas duas leituras, um salmo e o Evangelho. A cor litúrgica é branca, canta-se o Hino de Louvor e o Aleluia na aclamação e é rezado o Prefácio Próprio do Coração de Jesus. Esta solenidade sempre substituirá a liturgia do dia, como ocorre com Corpus Christi (ficou no lugar da Quinta-feira da 9ª Semana Comum) e Santíssima Trindade (ficou no lugar do 9º Domingo Comum).

As Solenidades do Senhor no Tempo Comum (Santíssima Trindade, Corpus Christi, Sagrado Coração de Jesus e Cristo Rei) são as maiores liturgias deste período. Ficam atrás, apenas, das liturgias centrais dos Ciclos do Natal e da Páscoa: Vigília Pascal, Natal, Ceia do Senhor, Paixão e Morte do Senhor, Epifania do Senhor, Ascensão do Senhor, Pentecostes, Domingos do Advento, Domingos da Quaresma e Domingos do Tempo Pascal.

Antes de se tornar uma grande Solenidade, esta devoção foi atacada por outros grupos católicos e suprimida pelos Jesuítas de sua liturgia,em 1773. Nações europeias também proibiram imagens e livros sobre o Coração de Jesus. Somente no ano de 1856, o Papa Pio IX expandiu esta liturgia como liturgia de observação obrigatória, para toda a Igreja.

PROGRAMAÇÃO

Dia 15/07/16 (SEXTA-FEIRA)

05h – Alvorada

05h30 – Ofício Divino

19h – Tríduo

Dia 16/07/16 (SÁBADO)

05h – Alvorada

05h30 – Ofício Divino

19h – Tríduo

 14/07/16 (DOMINGO)

08h – Missa

17h – Missa de Encerramento

Entrega de Fitas

Procissão

Descida da Bandeira

Rifa e Quermesse em frente à Praça Tona Leite

 

OBS: Haverá Quermesse nos dias 16 e 17 em frente à Praça Tona Leite

Fraternalmente,

 Apostolado da Oração e o Pe. Jerinaldo Inácio de Lima

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS