DIOCESE
DE PATOS

Dom Gabriel Marchesi, bispo referencial das CEBS, revela suas expectativas para o 15º Intereclesial

Começou nesta terça-feira, 18 de julho, em Rondonópolis (MT), o 15° Intereclesial das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs), encontro que reúne cerca 1.500 pessoas entre leigas e leigos, religiosas e religiosas e bispos, representantes dos regionais das CEBs do Brasil, dos povos indígenas, de comunidades quilombolas e convidados de outras Igrejas cristãs.

Neste 15º Encontro o tema será “CEBs: Igreja em saída na busca da vida plena para todos e todas” e o lema, “Vejam! Eu vou criar novo céu e uma nova terra” (Is 65).

O bispo da Diocese de Floresta (PE), referencial para as Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) e membro da Comissão Episcopal para o Laicato da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Gabriel Marchesi, expressou suas expectativas para o 15º Intereclesial das CEBs. “Que este momento possa ajudar fortalecer a vida das comunidades e despertar o protagonismo do laicato na Igreja. Cada leigo e leiga, cada comunidade tem que saber que são chamados a ser protagonistas na vida e na missão da Igreja”, disse.

De acordo com dom Gabriel, a Igreja existe nas comunidades e através delas evangeliza e cumpre a sua missão. “Ninguém pode ficar parado só esperando os outros. Temos que valorizar o nosso batismo e responder a Deus que nos chama a ser protagonistas na fé”, declarou o religioso.

Espaço de escuta das comunidades

O Intereclesial é espaço de escuta das comunidades e que busca, à luz da Palavra de Deus e do magistério da Igreja, olhar para a realidade social e eclesial e assumir compromissos que transformem e atualizem a vitalidade da missão da Igreja nas comunidades rurais, nas cidades, nos centros urbanos e nas periferias.

Deste modo, o encontro utilizará o método ver-julgar-agir, consagrado na dinâmica das CEBs e da Igreja na América Latina e Caribe, que tem como ponto de partida a experiência das comunidades. Toda organização, reflexões e grupos de trabalho serão divididos em cinco plenárias temáticas: CEBs, Sinodalidade e Poder na Igreja; CEBs e Dimensão Político-social; CEBs e Economia de Francisco e Clara; CEBs e Ecologia Integral; CEBs e Educação.

As plenárias acontecerão de forma simultânea em sete paróquias da diocese de Rondonópolis-Guiratinga e contarão com a ajuda de assessores e assessoras que, atentos à voz do povo, farão ecoar essas vozes e discussões em seus momentos de falas, com o objetivo de lançar provocações para que se avance na reflexão. Os locais das plenárias receberam nome de biomas do Brasil: Cerrado, Pantanal, Amazônia, Mata Atlântica, Pampa, Caatinga, sendo que na paróquia onde acontecerão as grandes plenárias o nome dado foi “Casa Comum”.

Os participantes do 15º Intereclesial terão acesso a toda programação e também os organizadores oferecem atividades abertas para a população de Rondonópolis e região. Na quinta-feira (dia 20), no bairro Vila Aurora, vão ocorrer dois eventos:  a Feira Solidária, a partir das 9h, e a Noite Cultural, com início às 19h e que será animada pelos artistas locais e pela participação do cantor e poeta nordestino Zé Vicente. Já na sexta (21) está programada a Romaria dos Mártires e Defensores da Vida, a partir das 17h, com concentração na praça dos Carreiros, no Centro de Rondonópolis.

 

Fonte: CNBB com informações da Equipe de Comunicação 15º Intereclesial de CEBs

 

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS