DIOCESE
DE PATOS

Diocese de Patos comemora 25 anos de Pentecostes no Parque Cruz da Menina

“Na alegria do Jubileu de Prata de Pentecostes, a Diocese de Patos convoca todo o povo de Deus para celebrar essa grande festa da Igreja”

Milhares de pessoas celebraram na madrugada deste domingo, 09 de junho, os 25 anos de Pentecostes no Parque Religioso Cruz da Menina, em Patos. Pentecostes é comemorado 50 dias após a ressurreição do Senhor, para cumprir o que disse Jesus: “Eu não vos deixarei órfãos”.

Já nas primeiras horas do domingo, caravanas de fiéis, advindas das 40 paróquias da Diocese de Patos, foram chagando e sendo acolhidas na paróquia de Nossa Senhora de Fátima, em clima de oração, louvor e muita fé.

Às 3h da manhã, a multidão seguiu em romaria para a grande celebração que marcou também as comemorações dos 60 anos da criação e instalação da Diocese de Patos e os 15 anos da Pastoral da Pessoa Idosa.

Inspirado por estas motivações e pelas luzes do evangelho de São João (Jo 20, 19 – 23), o Bispo Dom Eraldo desenvolveu a sua homilia, refletindo sobre os desafios e sinais de esperança na vida da Igreja e da sociedade.

Destacou Dom Eraldo que o Espírito Santo de Deus nos liberta de todo o medo e nos impulsiona à pratica do bem. Ele ressaltou que sem a presença do Espírito de Deus não há Igreja, não há Missão e até mesmo cada oração pessoal deve estar ligada à presença deste mesmo Espírito que nos anima e fortalece. “O Espírito Santo é ainda como o pedagogo que nos ensina a pregar, e a testemunhar o amor de Deus”, disse Dom Eraldo.

Para Dom Eraldo, há grandes sinais da presença do Espírito Santo na Vida da Igreja no mundo e na diocese de Patos. Segundo o bispo diocesano, o primeiro sinal da presença do Espírito de Deus na vida dos discípulos é o engajamento Missionário de cada pessoa, de cada pastoral ou movimento para levar a Boa Nova do Evangelho a todos os lugares, ambientes e situações cotidianas da vida.

Dom Eraldo encerrou a grande celebração de Pentecostes agradecendo na pessoa do padre Francisco das Chagas a todas as equipes que desde muito tempo se dedicaram à preparação e realização desta grande festa da Igreja de Cristo. Ele conclamou a todos os presentes, para a o engajamento nos preparativos e na vivência do Grande Congresso Missionário, ponto culminante das comemorações dos 60 anos da criação e instalação da diocese de Patos, o que deverá acontecer no período de 12 a 14 de Julho, no ginásio das Faculdades Integradas de Patos (FIP).

Texto e fotos PASCOM Diocesana.

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS