DIOCESE
DE PATOS

Diocese de Patos celebra o Dia do Pobre

“A Esperança dos pobres jamais se frustrará” (sal 9, 19)

A diocese de Patos, em comunhão com toda a igreja, celebra no próximo dia 17 de novembro O Dia do Pobre, data instituída pelo Papa Francisco em 2016 pelo papa Francisco, por ocasião do encerramento do Ano Extraordinário da Misericórdia vivenciado entre dezembro de 2015 a novembro de 2016.

Já na instituição desta data, que será sempre celebrada no penúltimo domingo do ano litúrgico, o para Francisco destaca que “celebrar o Dia do Pobre é uma forma de bem preparar a festa de Cristo Rei”, que encerra o ano litúrgico da Igreja Católica. Esta iniciativa, fundamentada no livro dos salmos, resgata a atualidade do sofrimento histórico de tantas pessoas empobrecidas no Brasil e no mundo, em consequência de tantas desigualdades e injustiças.

Na mensagem do papa para as celebrações deste III Dia Mundial dos Pobres, ele destaca: “Ao aproximar-se dos pobres, a igreja descobre que é um povo, espalhado entre tantas nações, que tem a vocação de fazer com que ninguém se sinta estrangeiro nem excluído, porque a todos envolve num caminho comum de salvação. A condição dos pobres obriga não se afastar do Corpo do Senhor que sofre neles.”

Assim como acontece em vários lugares e Dioceses, as comemorações não se restringem à data do dia 17. Ela é o ponto alto, de uma vasta e diversa programação construída e vivenciada em comunhão entre todas as forças vivas da igreja.

Na diocese de Patos, conforme será disponibilizada nos meios de comunicação e mídias sociais, uma vasta programação terá início já no próximo domingo, dia 03 de novembro, às 9 horas da manhã, com a Celebração da Santa Missa de abertura das atividades alusivas ao Dia do Pobre na Catedral de Nossa Senhora da Guia. Esta missa será presidida por Dom Eraldo Bispo da Silva, Bispo Diocesano de Patos. Durante o período que segue até o próximo dia 17, diversas atividades e celebrações serão realizadas em vários locais tendo a pessoa do pobre e do Cristo presente nele como centro.

Toda a programação foi construída por um Coletivo de Pastorais Sociais, Serviços e Movimentos da Igreja Católica composto pela Ação Social Diocesana de Patos, Pastoral da Criança, Pastoral do Menor, Pastoral da Pessoa Idosa, Pastoral Carcerária, Pastoral da Sobriedade, Pastoral da Saúde, Pascom Diocesana, Pastoral Familiar, Centro de Apoio à Família, Casa da Misericórdia, Renovação Carismática Católica, Fazenda da Esperança, Projeto Madre Tereza de Calcutá, Pastoral do Sopão, Comunidade Católica Shalom, Grupo Impacto e Colégio Cristo Rei/Irmãs do Amor Divino.

O Coordenador do Setor Pastoral Social da Diocese de Patos, Irenaldo Pereira, coordenou o processo de preparação das atividades e demonstrou-se animado e esperançoso com o êxito da III Jornada Mundial dos Pobres na Diocese.

Texto: Pascom Diocesana
Fotos: Pascoal e Zezinho

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS