DIOCESE
DE PATOS

CLERO

Pe. Fabrício Dias Timóteo

Natural da cidade do sol – Patos – PB. Nasceu dia 21 de junho de 1980. Filho de Maria Ilma Pereira Dias e Cláudio Timóteo de Arruda. Há 14 anos vive em missão, evangelizando por onde passa, desde o dia da sua Ordenação Presbiteral, em 09 de janeiro de 2009.

Já passou por várias Paróquias, a exemplo das cidades de Catingueira, São Mamede e atualmente é Pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição – Taperoá-PB, Diocese de Patos. É apresentador do Programa “Igreja em Missão”, que vai ao ar todas as sextas-feiras, às 08h da manhã, em cadeia com várias rádios da Paraíba e do Pernambuco. Participou de um Programa na TV Evangelizar, do Padre Reginaldo Manzotti, em Curitiba.

Padre carismático, humano, paciente, acolhedor, conselheiro, educado e uma das suas maiores qualidades é tratar todos os fiéis de forma humanizada.

Conhecido como o Padre das multidões ou como algumas mídias o citam como o “Frei Damião 2.0, essa nomeação se dá por carregar uma multidão de fiéis por onde passa, a exemplo da sua última Missa com Orações por Cura e Libertação, celebrada na cidade de Taperoá- PB (2023), com um alcance de mais de 100 mil fiéis em praça pública.

Sua grande excelência está no levar a Palavra, Corpo e Sangue de Cristo. Ademais, é um grande Sacerdote que realiza momentos oracionais, Terço da Superação e participa das festividades de aniversários das cidades, derramando bênçãos e fazendo com que a fé dos fiéis seja fortalecida.

O Padre Fabrício Dias Timóteo é um incansável evangelizador, e é costume seu, atender às pessoas em confissão e para aconselhamento até as 2:00 horas da madrugada, sempre depois das Celebrações que preside.

No período de outubro à novembro, visita todas as Capelas da Zona Rural, em Peregrinação com a Imagem de Nossa Senhora da Conceição, em preparação à sua Festa, que acontece em Taperoá, de 28 de Novembro à 08 de dezembro. 

Sua vida é dedicada ao próximo. Tem amor pelo seu Ministério e o exerce com muita alegria, sempre com um sorriso no rosto, não havendo na sua convivência escolhidos, todos têm o mesmo valor humano para ele.