Pesquisar
Close this search box.

DIOCESE
DE PATOS

Cáritas Brasileira realiza Oficina de Capacitação com Catadores de Material Reciclável em Patos

Cerca de 30 Catadores de Material Reciclável da Cidade de Patos estiveram reunidos nesta terça-feira, dia 4 de setembro. O evento aconteceu no Salão da Diocese que fica por trás da  Igreja Nossa Senhora da Conceição, no centro da cidade.

A referida Oficina é parte de um projeto denominado CATA FORTE, firmado em Convênio entre a Cáritas Diocesana de Campina Grande e a Secretaria Nacional de Economia Solidária, do Ministério do Trabalho e Emprego. Este Projeto de capacitação está sendo desenvolvido na Paraíba e contempla Catadores de Material Reciclável de Vários municípios, a exemplo de Cajazeiras, Pombal, Patos, Campina Grande e João Pessoa.

A Professora Ana Virgínia, representante da Cáritas Diocesana de Campina Grande e Coordenadora Estadual do Projeto, afirmou que ficou muito satisfeita com a participação e os resultados da oficina pois, segundo ela, “foi uma boa oportunidade de conhecimento sobre a realidade dos Catadores na cidade de Patos e uma oportunidade para se estudar a importância da Coleta Seletiva, como prestação de Serviço Público à Comunidade”.

Ana Virgínia destacou ainda a importância de Vários Parceiros que estão fortalecendo trabalho com catadores a exemplo da Universidade Federal de Campina Grande, Associação ECOPLANTE, União das Associações Comunitárias de Patos, além de Financiadores como a Fundação Banco do Brasil, Petrobrás e o Ministério do Trabalho.

Dona Maria Nilma Gomes, presidente da Associação dos Catadores de Material Reciclável de Patos (ASCAP), afirmou que está muito animada com o trabalho, pois nos últimos tempos, muitas entidades-parceiras estão apoiando e reconhecendo a importância dos quase 70 catadores que trabalham diretamente no chamado Lixão de Patos. “Já fomos a vários encontros na Paraíba e o nosso grupo está agora mais informado, unido e confiante”, disse.

O trabalho de Organização dos Catadores na cidade de Patos conta atualmente com um importante apoio da Associação ECOPLANTE, presidida pelo Senhor Francisco Velasquez, que conseguiu aprovar, junto ao Ministério da Justiça, um projeto que vai garantir melhor estrutura e organização para os Catadores de Material Reciclável da Cidade de Patos.

De acordo com a atual Lei Brasileira de Resíduos Sólidos, até o ano de 2.014 todos os lixões devem ser fechados e construídos aterros Sanitários. Daí a importância da Organização dessa categoria de trabalhadores para que não fiquem futuramente desempregados.

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS