DIOCESE
DE PATOS

Capacitação de pedreiros para construção de cisternas em Condado

A Ação Social Diocesana de Patos (ASDP/PROPAC), está realizando nas comunidades de Algodões, Várzea do Feijão e Mororó, em Condado (PB), uma capacitação para os pedreiros que irão trabalhar na construção de tecnologias para a convivência com o Semiárido do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2), da Articulação no Semiárido Brasileiro (ASA), financiado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O objetivo da capacitação é desenvolver as habilidades dos pedreiros para a construção das tecnologias que armazena a água das chuvas. A água canalizada segue para uma cisterna de 52 mil litros e é direcionada à produção de alimentos e a criação de pequenos animais, com a finalidade de melhorar a qualidade de vida dos agricultores e agricultoras através da produção de alimentos saudáveis para as famílias.

Durante a semana, os pedreiros estarão trabalhando na cisterna, passando por todos os processos de construção. Os pedreiros que estão participando estão sendo orientados por instrutores, que por sua vez, estarão explicando o passo a passo. A maioria deles já possui experiência na cisterna pequena, como é chamada a tecnologia do P1MC, que tem capacidade para armazenar 16 mil litros de água, captada do telhado da casa.

O curso integra uma das ações do P1+2, realizado pela ASA Brasil, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). A Ação Social Diocesana de Patos, estará construindo 320 tecnologias do P1+2, nos municípios de Condado, Vista Serrana e São José do Sabugi.

ASDP Patos

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS