DIOCESE
DE PATOS

Pe. Flávio Mamede em Bodas de Estanho Sacerdotais

A vocação sacerdotal requer além de desprendimento pessoal em vista do chamado uma atenta escuta ao apelo do Senhor.

Neste sentido se faz necessário que o vocacionado responda com total e irrestrita humildade ao convite de deixar tudo por causa do Evangelho.

Deixar suas propriedades, seus sonhos, suas aspirações em detrimento de algo maior é num princípio comparativo a missão do estanho.

Sim, o Estanho, elemento químico metálico que liga-se facilmente com todos os metais “perdendo” sua própria essência para dar ênfase ao metal principal com que se funde.

É através do principio da analogia que homenageamos o  Excelentíssimo e Reverendíssimo Pe José Flávio Mamede que eleva a Deus sua ação de graças pelo dom  de sua vocação sacerdotal.

Quanto ao estanho ele representa as Bodas dos 10 anos dedicados a Deus e aos irmãos vividos com intensa entrega por vezes esquecendo-se de si próprio na construção do reino de Deus.

Algumas outras propriedades do estanho são cumulativamente preponderantes para nossa reflexão desta data tão especial como, por exemplo, a proteção, a resistência, a conservação e a capacidade de transformação presentes também no ser “Sacerdote”.

Um homem de grande inteligência, que prima pela qualidade, que vive seu sacerdócio repleto de virtudes e certamente de limites é conceitualmente como se define o Reverendíssimo Pe José Flávio Mamede.

Portanto tal qual o estanho o dom da vida sacerdotal do Excelentíssimo e Reverendíssimo Pe Flávio é precioso aos nossos olhos e, sobretudo aos olhos de Deus.

Celebrar os 10 anos de Ordenação Presbiteral do Pe Flávio Mamede é marcar com a força do estanho, o brilho incomparável do Coordenador Diocesano de Pastoral e  do zeloso Pároco de Nossa Senhora de Fátima.

Entretanto assim como o estanho os próximos passos da vida sacerdotal do Pe Flávio perpassam por sonhos e utopias, entre realidades e realizações características peculiares aos que vivem sua vocação com afinco.

Rendemos sem delongas nossos votos de um profícuo ministério sacerdotal e rogamos ao Cristo, sacerdote por excelência, que continue a derramar suas copiosas bênçãos sobre o Pe Flávio Mamede.

E que Maria, mãe dos sacerdotes o cubra com seu manto santo lhe iluminando na vivência de sua missão como padre.

Carlos Silva – Pascom Diocesana

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS