Pesquisar
Close this search box.

DIOCESE
DE PATOS

Laudato Si’: Leigos promovem reflorestamento da Caatinga Paraibana

Inspirados na encíclica do Papa Francisco, Laudato si’, um grupo de leigos católicos da Diocese de Patos (PB) deu início a uma ação de distribuição e plantio de mudas, a maior parte delas de espécies da Caatinga – bioma característico da região e único exclusivamente brasileiro – mas também de árvores frutíferas como umbu, graviola e goiaba.

Em apenas duas incursões realizadas neste mês de janeiro, a equipe plantou cerca de 70 mudas, beneficiando diretamente três comunidades de Malta (PB), cidade que fica a 332 quilômetros da capital, João Pessoa. A iniciativa da Igreja local é realizada em parceria com técnicos da Empresa Paraibana de Pesquisa e Extensão Rural (Empaer).

A última mobilização do grupo ocorreu nesta quarta-feira (22), no Assentamento Padre Acácio. Nesse local, foram plantadas 25 mudas e, além disso, foi feito um trabalho de apoio e conscientização dos moradores.

As ações de distribuição e plantio de mudas de árvores faz parte das atividades da Comissão de Estudo da Encíclica Laudato Si’, que por sua vez integra o projeto “Cuidando da nossa Casa Comum” da Diocese de Patos. A iniciativa é financiada pela Misereor, entidade cristã com sede na Alemanha, e tem o apoio do bispo diocesano, dom Eraldo Bispo da Silva.

“A ideia do grupo é estudar e aprofundar o que diz o Papa Francisco no referido documento, mas também colocar em prática esses ensinamentos, seja na vida pessoal, com mudanças de atitudes diárias, seja em ações coletivas e comunitárias que tenham também um papel pedagógico”, explica o coordenador adjunto do projeto, José de Anchieta.

A comissão de leigos deve voltar a campo com ações especiais de plantio na Semana da Água, em março; no Dia Nacional da Caatinga, 28 de abril; e no Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho.

“As comunidades interessadas podem nos procurar por meio das comissões municipais de acompanhamento do projeto ou até mesmo por meio das prefeituras e fazer a solicitação das mudas que iremos atendê-las independente dessas datas simbólicas já agendadas”, afirma Anchieta.

Fonte: cnbbne2.org.br
Com informações da Pascom Patos-PB

 

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS